Brincadeiras de acampamento

by

O texto não é meu,é do meu amigo Fernando(@NandoMagarian),para texto original,clique aqui -> Texto

 

=======================================================

A cabeça masculina realmente funciona de maneira diferente da feminina. Mas, ao contrário do que dizem as sexólogas virgens e as ‘orientadoras’ educacionais, as garotas não amadurecem antes dos garotos. O que acontece é que os dois amadurecem na mesma época (claro que ‘amadurecer’é um verbo discutível no caso dos garotos). A cabeça de um moleque de 13, 14 anos é a cabeça dele aos 30, com poucas mudanças de conceito, assim como acontece com as mulheres. Em outras palavras, o nível máximo de amadurecimento que o cara consegue alcançar ele alcançará na adolescência e pronto. Sim, somos infantis, retardados e insensíveis, aceitem isso, mulheres.

Esclarecido esse ponto, gostaria de compartilhar com os demais marmanjos algumas ‘brincadeiras de acampamento’ (o que inclui também escolas, hotéis fazendas, casa de praia e afins). Não estou falando daquelas brincadeiras homossexuais de fazer uma rodinha e levar para a lua aquilo que comece com a sua inicial. Mas das brincadeiras extra-oficiais! ;)

Outro ponto importante a ser esclarecido, antes de qualquer coisa: uma brincadeira só interessante/faz sentido/vale a pena para um garoto se: causa danos materiais e/ou morais para outra pessoa OU causa danos físicos e/ou mentais para ele próprio. Sem mais delongas, vamos ao que interessa:

Ventilador:

Um ventilador é um pote de ouro no fim do arco-íris para o moleque que quer fazer zona em meio ao tédio. Nós temos dois tipos principais: o de parede e o de teto. No de parede, recomendo jogar uma boa  quantidade de giz quebrado por traz. A sujeira é generalizada. Mas homem que é homem vai além: joga logo uma mão de farinha, polvilho ou, o ápice do ventilador de parede, PÓ DE MICO! Claro que, no último caso, é aconselhável ao paspalho usar uma blusa de manga comprida, um toca na cara e calças. Vai por mim, pó de mico é um portal pro inferno.

O ventilador de teto oferece uma variedade maior de possibilidades. Você pode, por exemplo, jogar um rolo de papel higiênico aberto no ventilador e assistir ao efeito-serpentina de carnaval. Uma dica: se o papel não rasgar, o rolo ficar pendurado no ventilador e você perceber que o mesmo está se movimentando cada vez mais lentamente, desligue RÁPIDO COMO O VENTO, ou a porra vai queimar. Se isso acontecer, corra e lembre-se: “Já estava assim quando eu cheguei!”

Você também vai descobrir que um ventilador de teto é uma arma em potencial. Duvida? Arremesse nele um chinelo e ele te devolverá na mesma moeda. Na verdade, quanto mais fraco você arremessar, mais forte ele devolve, e isso pode ser usado para atingir seus amigos desprevenidos. Mas, claro, como o movimento do ventilador é circular, você nunca sabe quando o objeto voltará em você. Outros objetos, além do chinelo, podem ser utilizados, tais como uma bisnaga de pasta de dente (de preferência cheia), uma lâmina de barbear ou um recipiente (de alumínio) de desodorante. (obs: no caso dos dois últimos, assegure-se de estar em um local absolutamente protegido, a menos que não se importe de ganhar alguns cortes ou uns galos na cabeça.)

Camisas, lençóis, fronhas e afins também podem ser arremessadas num ventilador de teto, mas só servirão para queimar o aparelho.

Chinelos:


Chinelos são objetos fascinantes! Além de ser um objeto arremessável (em ventiladores, cabeças, etc) eles têm uma vantagem evolutiva em relação aos demais modos de agressão: você bate, ele avermelha e, passado algum tempo, ele some! O agredido nunca terá provas de que foi agredido! A menos que você bata na cara, aí talvez fique inchado. E é bom esclarecer também que chinelos são acessórios de borracha, e não de plástico, madeira, metal, acrílico e etc.

Mais uma coisa: chinelos quando batidos contra uma porta de madeira com vontade fazem um barulho estrondoso. Não há sono que resista.

Toalha (molhada ou não):


Claro que esta é clássica! Mas não vai perder a graça nunca! Alguém sabe me explicar como uma simples toalha pode doer TANTO? Parece uma cinta! Quanto a toalhas molhadas não deixarem marcas, não assino em baixo. Só posso dizer que molhadas elas causam o dobro de dor!

Se eu não durmo, ninguém dorme!


Para atrapalhar o sono de outra(s) pessoa(s) vale tudo! Arrebentar a porta, virar a cama, roubar a parte de cima da barraca, sufocar com o travesseiro, enfim, nada como fazer com que um outro infeliz sofra do que eu gosto de chamar de insônia-induzida (são meus os direitos do nome).

Medo de escuro:


Se você tem um amigo que tem medo de escuro, de fantasmas ou sei lá, eis o que você tem a OBRIGAÇÃO de fazer: primeiro, quando o cara estiver longe, suba numa escada e tire a lâmpada do quarto. Desnecessário dizer que essa deve ser feita à noite, mas também feche a janela, para evitar uma eventual luz da lua (a menos que o imbecil também tenha medo de lua cheia). Induza a vítima a entrar no quarto. Só o suficiente para você fechar e trancar a porta. É mais interessante se o disjuntor ficar longe da porta, assim, enquanto o babaca tenta acender a luz, você fecha.

Depois de trancado no quarto escuro, vá ao banheiro, comer alguma coisa, sei lá. O cara vai pensar em alguma coisa e vai conseguir sair milagrosamente.

Piscina:


Não faça brincadeiras com homens na piscina, na boa. Se houver mulheres no meio (de preferência literalmente), aí ok, mas com homens, não faça isso.

Peixinho:


É inacreditável o que você pode fazer com um colchonete. Uma das coisas mais legais é largar um colchonete no chão, tomar o máximo de distância possível, correr em sua direção e se jogar em cima dele. Eu já alcancei uns 5 metros de deslizamento, modéstia à parte. Claro que é necessário ter um chão liso. Se você colocar um colchonete sobre o outro e fizer essa brincadeira, você voará longe. É interessante. Outra coisa interessante é que dois animais façam isso ao mesmo tempo, um de frente pro outro. Os colchões colidirão, e os caras voarão pra frente, colidindo também. Tente essa!

Carrinho de rolimã:


Se você tem um colchonete à disposição, nem tudo está perdido. Você pode também amarrar um boçal em um colchonete e arrastá-lo. O chão liso novamente se faz necessário. Claro que não tem graça nenhuma se você não tomar velocidade e bater o colchonete (e o indivíduo em cima dele) na parede, virá-lo de cabeça para baixo e continuar arrastando, etc.

Carrinho de bate-bate:


Deixei o melhor pro final! Ainda utilizando nada mais que dois colchonetes e muita insanidade, duas mulas podem fazer a mais genial e incrível brincadeira de acampamento de todos os tempos: um bate-bate humano! É bem simples: cada um pega um colchonete. Então, cada um se dirige pra um lado, o mais distante possível. Enfim, os dois correm os mais rapidamente possível em direção ao outro, e se atiram com muita força com o colchão contra o outro imbecil. A sensação é incrível! Juro! A visão, melhor ainda! Os dois colchões colidirão e ficarão, mas os dois imbecis batem e são atirados pra trás uns 3 metros! Se for com muita força, mais. O momento é épico! Mítico! Lendário!!!

Só uma observação: eu vos aconselho a segurar o colchão a uma certa distância do corpo e pular de ombro na hora do impacto. Pular de frente pode te causar a dor de cabeça mais insuportável da sua vida e te deixar grogue. Mas se você quiser dormir, é útil. Duas dessas te mandam pro pronto-socorro.

About these ads

Tags: , , , , , , ,

3 Respostas to “Brincadeiras de acampamento”

  1. Predador danadão « Defenestradordeornitorrincos's Blog Says:

    [...] É uma brincadeira de acampamento [...]

  2. Fernando Freitas Says:

    Valeu por linkar, man! A propósito, curti a descarga do predador. Não lembrei dessa! =P

  3. Luanaa Says:

    axei interessante como vc descreveu as brincadeiras xDD
    nk mais vou olhar para um chinelo,toalha,colchonete,etc como antes ;DD
    com certeza vo usa uma dessas do ventilador kkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: